18 Abril 2014

100 Cameras in 1 HD

Depois da promoção com a versão para iPhone, é a vez da 100 Cameras in 1 HD da Stuck in Customs, ficar gratuita na App Store. Eu grande fã do Trey Ratcliff e das suas fotos magníficas em HDR, e é um prazer experimentar esta belíssima app no iPad, uma ideia do Trey que nos permite transformar por completo as nossas fotos, usando vários efeitos de luz e todo o tipo de texturas.


A app permite-nos aplicar até 100 efeitos distintos às nossas fotos. Mas na verdade as combinações são intermináveis, pois podemos aplicar efeitos sobre efeitos, introduzindo cada vez mais camadas sempre que carregamos no botão "add effect", e todos eles são configuráveis em vários parâmetros.

Depois de tirada a foto com a câmara integrada da 100 Cameras in 1 HD, ou mesmo depois de carregada uma foto do rôlo de câmara, podemos visualizar de imediato qual será o resultado da aplicação de uma série de efeitos, que aparecem numa lista de efeitos em cima.

A intensidade dos efeitos e texturas podem ser ajustados usando os pequenos sliders em baixo da foto, mas até isto pode ser uma surpresa, pois por vezes estamos a modificar a opacidade de uma textura, noutras a cor geral da imagem, ou a saturação, etc, etc. Este menu em baixo tem ainda mais ajustes, se o puxarmos completamente para cima (brilho, contraste, vinheta, magic glow, e os originais Yin, Yang).


Com centenas de texturas disponíveis para aplicar, e o facto de podermos aplicar efeitos em camada, podemos obter milhares de resultados diferentes com esta app. Sempre que estivermos contentes com um efeito, podemos adicioná-lo aos nossos favoritos, estando depois acessível no menu de efeitos em cima, onde se pode ver rapidamente qual vai ser o aspecto final da foto, para os vários favoritos que aí tivermos disponíveis.

As fotos podem ser partilhadas directamente em várias redes sociais conhecidas, e podemos ainda aceder a vários tutoriais úteis do Trey Ratcliff, que aconselho vivamente a que dêem uma vista de olhos, que ele é muito bom a criar obras de arte com fotografia.

Aproveitem para instalar esta app enquanto está em promoção na App Store, e vejam aqui em baixo o próprio Trey a dar umas dicas espectaculares de como usar esta 100 Cameras in 1 HD.


100 Cameras in 1 HD na AppStore (Brasil)

100 Cameras in 1 HD na AppStore (Portugal)

Tamanho: 42.3 MB




16 Abril 2014

Horn

Estão preparados para jogar mais um jogo com qualidade de consola? Aventura, combates e resolver puzzles é o que vos espera em Horn da Phosphor Games Studio, um jogo com uns gráficos deslumbrantes, que se encontra neste momento grátis na App Store.


Este jogo parece mesmo que foi criado para uma consola das mais potentes, tal é a sua qualidade e apresentação gráfica. É todo passado num mundo em 3D onde teremos vários puzzles para resolver para conseguir avançar na história, e uma série de combates com monstros gigantes ao estilo do fantástico Infinity Blade.

Nós calçamos as botas de Horn, um míudo que acorda sem saber onde está nem como foi ali parar, apenas para descobrir que a cidade que conhece está em ruínas, e todas as pessoas estão sob um encantamento qualquer, transformados numa espécie de robots gigantes.


Teremos de ajudar o nosso herói a livrar as pessoas da maldição em que se encontram, e para isso há toda uma história a acompanhar, contada por um narrador, e também pelas conversas que Horn tem com a sua tia e um robot que o irá ajudar nesta grande aventura.

Os controlos estão muito bem pensados para os ecrãs tácteis, onde deslizar o dedo no ecrã nos permite olhar em volta, tocar em qualquer lugar faz com que Horn se mova nessa direcção, ou correr, saltar, etc, e ao activarmos uma espécie de besta, basta mover a mira no ecrã com o dedo e depois puxar a corda para trás, para disparar projécteis sobre robots voadores e outros objectos.


Quando encontramos algum gigante para combater, é um processo algo semelhante ao jogo Infinity Blade, onde basta deslizar o dedo vigorosamente pelo ecrã para atacar com a espada, e tocar nos botões que se encontram nos cantos do lado esquerdo e direito para que Horn se desvie para os lados, evitando assim os golpes dos monstros. A ideia é encontrar qual o seu ponto fraco, e atacar sem parar. Também é possível usar umas pequenas bombas que baralham temporariamente os monstros, e existe uma pequena poção para recuperar a energia do nosso herói.

Como Horn é um aprendiz de ferreiro, irá conseguir construir novas armas, necessárias para combater alguns dos monstros mais ferozes. Pelos caminhos a percorrer irá descobrir que muitos deles se encontram bloqueados, onde terá que resolver uma série de puzzles, seja movendo uma alavanca escondida, tocando uma música com a corneta, ou usando os projécteis para acertar em objectos chave, etc, etc, para conseguir continuar.

Como se pode ver pelas imagens em cima, os gráficos 3D e os efeitos de luz são incríveis, mas também todo o ambiente sonoro, assim como as vozes dos personagens e do narrador, são qualquer coisa de espectacular, vozes de grande qualidade. Vejam aqui em baixo o vídeo de apresentação do jogo, e não deixem de agarrar esta belíssima aventura enquanto se encontra grátis na App Store, num iPhone ou iPad.


Horn na App Store (Brasil)

Horn na App Store (Portugal)

Tamanho: 1.02 GB




14 Abril 2014

Help Me Fly

Resolver puzzles é mais divertido quando é apresentado de uma forma bonita e simpática como neste Help Me Fly da Funtomic, um quebra cabeças com 90 puzzles para resolver, onde temos de ajudar o piloto Joe a recarregar as baterias do seu avião.


O pequeno avião ficou sem pilhas, e acaba por aterrar numa espécie de tabuleiro de xadrez. Por sorte há uma bateria por perto, e só temos que alinhar as peças verdes que conduzem a electricidade, de maneira a que esta chegue até ao avião, e assim recarregar a sua bateria interna.

Teremos que mover e rodar estas peças verdes da melhor maneira possível, de maneira a que para além da conexão entre a bateria e o avião, também sejam iluminadas as estrelas douradas que se encontram no tabuleiro.


E é este o verdadeiro desafio, tentar iluminar todas as estrelas que temos presentes em cada puzzle, transformando o jogo, que à partida parece para crianças pelo seu aspecto simpático e educativo, num complexo e estimulante quebra cabeças.

Trata-se de um jogo universal, compatível com iPhone e iPad, e está neste momento gratuito na App Store, por isso apressem-se a instalá-lo, e vejam aqui em baixo um vídeo que mostra alguns destes puzzles a ser resolvidos.


Help Me Fly na App Store (Brasil)

Help Me Fly na App Store (Portugal)

Tamanho: 29.1 MB



07 Abril 2014

Titanic: Her Journey

A história do naufráfio do Titanic não deixa ninguém indiferente, e há menos de dois anos apareceu esta app Titanic: Her Journey da FirstyWork, em homenagem aos 100 anos do grande desastre. O iPad é uma ferramenta excelente para revisitar esta história, e muitos dos pormenores que nos escaparam, por isso é de aproveitar para instalar esta app enquanto se encontra em promoção na App Store.


Na madrugada de 15 de Abril de 1912 o barco que não podia afundar, afundou, bem no fundo das águas geladas do Oceano Atlântico, depois deste chocar contra um iceberg, resultando na morte de 1517 pessoas.

Com esta app podemos acompanhar a sua história, ver imagens da construção do navio, visualizar os planos detalhados das várias divisões do convés, e perceber quem eram os seus passageiros (como alguns que tinham dinheiro para viajar em primeira classe, mas preferiram ir em segunda classe para não passarem pela chatice de terem que andar a trocar de roupa todos os dias para os jantares de gala).


Para além de uma extensa galeria de fotos, podemos acompanhar os 5 dias da viagem, tendo acessível uma linha do tempo, onde é possível seguir os eventos do afundamento quase minuto a minuto, estando disponível em áudio vários testemunhos dos sobreviventes, sobre aquela noite fatídica.

Também existem testemunhos que nos descrevem como era o dia a dia dos passageiros a bordo do Titanic, e há alguns clips de vídeo raríssimos que nos mostram o barco a zarpar, uma das poucas imagens em que se pode ver o barco em movimento pelas águas fora.

Podem ver o vídeo de apresentação da app aqui em baixo, que nos dá uma ideia do seu aspecto geral. Não deixem de instalar esta app histórica, que vos vai entreter durante horas a viajar a bordo deste gigante dos mares, e a perceber os erros e o drama que foi esta grande tragédia.


Titanic: Her Journey na App Store (Brasil)

Titanic: Her Journey na App Store (Portugal)

Tamanho: 217 MB



04 Abril 2014

Monument Valley

Passado num universo com uma arquitectura impossível a fazer lembrar as fantásticas obras de M. C. Escher, o jogo Monument Valley da ustwo, é uma obra de arte que não irá deixar ninguém indiferente, desde aqueles que apreciam resolver puzzles, aos que apreciam paisagens lindíssimas e mecanismos que mais parecem saídos da imaginação de Leonardo da Vinci.


Nesta aventura acompanhamos a viagem da Princesa Ida através de uma série de edifícios e monumentos, quase todos de arquitectura impossível (ou apenas possível num mundo digital), onde teremos que manipular interruptores e alavancas, para alterar a estrutura e a perspectiva do mundo que temos à nossa frente, de maneira a que a nossa princesa consiga chegar até à saída de cada um destes cenários incríveis.

O jogo é altamente intuitivo ao nível dos controlos, onde apenas temos de tocar em qualquer lugar com o dedo, para que a princesa se mova até esse ponto. Se ela não se mexer, é porque não consegue chegar lá, e é aqui que começamos a ter que brincar com as partes móveis da estrutura, e com a perspectiva.


Um caminho que nos parece impossível à partida, um precipício enorme na frente da princesa, pode ser facilmente ultrapassado rodando uma alavanca, que por sua vez faz com que um determinado bloco se una com outro num patamar supostamente mais alto (e aqui se quebram todas as regras que conhecemos da física e geometria, mas de uma forma brilhante).

Por exemplo, olhando para a figura em cima, não percebemos como é que a pequena princesa vai chegar ao local da saída no topo da estrutura, mas com um toque aqui e um rodar de uma peça ali, acabamos por conseguir uma nova perspectiva da estrutura (aos nossos olhos), o que permite que a nossa heroína consiga atravessar novos caminhos que não existiam anteriormente. Preparem-se também para caminhar nas paredes, que a gravidade é algo que pode deixar de existir de um momento para o outro.


Para além das alavancas que podemos rodar com os dedos, e dos interruptores no chão, temos de ter também atenção aos círculos presentes nas diferentes estruturas, pois são eles que nos indicam que estamos perante uma peça que se move, ou mesmo até de algo que nos permite rodar todo um monumento.

A banda sonora é muito agradável, mas todos os efeitos sonoros que vêm agregados a estes cenários animados são espectaculares. O barulho da água de uma cascata, os ruídos dos mecanismos a trabalharem no fundo quando activamos um interruptor ou rodamos alguma alavanca, os sons do piano e guitarra acústica quando manipulamos o cenário (como se fosse uma caixinha de música), etc, são belíssimos.

Os puzzles não são muito complexos, mas a sua dificuldade vai aumentando com a introdução de alguns indivíduos que se assemelham a uns corvos irritantes, que nos barram a passagem, e berram quando nos encontram à sua frente, e também com os níveis a ficarem cada vez mais extensos, onde a passagem por uma porta nos leva para outro monumento, e por aí fora, todos interligados, e cada um com um ou mais puzzles para resolver.

Se gostaram da beleza e design do Wonderputt, então deliciem-se com este jogo completamente fora do comum, que é acima de tudo uma obra de arte, onde nos vemos a querer repetir tudo de novo quando chegamos ao final, nem que seja para mostrar a outra pessoa o que seria poder viajar através do universo espectacular de M. C. Escher.


Monument Valley na App Store (Brasil)

Monument Valley na App Store (Portugal)

Tamanho: 147 MB



03 Abril 2014

-Circuits-

Não são raras as vezes que vos trago aqui uns puzzles magníficos para resolverem no iPad, mas desta vez a brincadeira é bem diferente, e não é para qualquer um. Estou a falar de -Circuits- da Digital Tentacle S.L., um jogo que nos põe a encaixar as peças de um puzzle musical.


Parece um circuito eléctrico, mas não é, trata-se sim de uma música, com início, meio, e fim, um circuito musical, pronto. Ao tocarmos no botão de "Play" podemos ouvir a música inteira, e com muita atenção tentar memorizar as diferentes nuances e instrumentos que tocam no fundo.

O objectivo é reconstruir a música de raíz, preenchendo os pequenos círculos vazios com as peças que temos em baixo, que não passam de pequenos samples que pertencem à música original.


Nós podemos a qualquer momento ouvir a música original as vezes que quisermos, e tocando nas peças em baixo podemos ouvir o sample de um determinado trecho musical pertencente ao circuito. A música avança no circuito em cima como se fosse um líquido a percorrer um tubo, e ao percebermos onde encaixa determinada peça da música, é só arrastá-la da barra em baixo até ao círculo correspondente no esquema em cima.

Nem todas as peças em baixo pertencem ao circuito em cima, por isso há que ouvir muito bem, uma e outra vez, para perceber se é mesmo o sample que precisamos. Se a vossa memória auditiva não for a melhor, preparem-se para ouvir várias vezes a música até acertarem numa determinada peça do puzzle.

Enquanto que o botão de "Play" em baixo nos permite tocar a música original, o botão de "Play" presente no circuito permite-nos experimentar o puzzle para ver se acertamos em todas as peças musicais.

Este não é um jogo fácil, mas como puzzle e quebra cabeças, é bem original, e agrada-me bastante ser virado para a música, que é algo que não vemos todos os dias em jogos para o iPad. Se tiverem um bom ouvido, com bastante treino, este jogo será canja para vocês, mas para todos os outros, tenho a certeza que será um treino excelente, desde que tenham alguma paciência para ouvir a mesma música vezes sem conta.


-Circuits- na App Store (Brasil)

-Circuits- na App Store (Portugal)

Tamanho: 117 MB



28 Março 2014

NightSky

Controlar uma pequena esfera através de um universo de fantasia é a proposta deste NightSky da Nicalis, um belíssimo jogo onde a física é uma constante, com muitos puzzles para resolver, e que está neste momento gratuito na App Store.


Este jogo é um clássico nos PCs, e acabou agora por saltar para a plataforma do iPhone e iPad. Começa por nos contar uma história de um míudo que encontra uma pequena esfera na praia, a qual leva para casa e o transporta para um mundo apenas possível em sonhos.

A partir deste momento ficamos com uma esfera sob o nosso controlo, uns cenários belíssimos em contra luz, com animais e dezenas de objectos animados, uma banda sonora relaxante e espectacular, que nos incita a não largar o jogo nas horas que se seguem.

O nosso objectivo é explorar todos os cenários, levando a esfera a passar por todo o tipo de desafios, e ver onde nos leva esta aventura. Não a devemos deixar cair no limbo, e temos que tentar a todo o custo que esta não fique presa num buraco ou entre a espada e a parede. Se isto acontecer basta um duplo toque com dois dedos no ecrã para reiniciar o nível.


A esfera comporta-se como uma esfera se deveria comportar no mundo real, pois obedece às leis da física. E para a mover apenas temos de deslizar o dedo no ecrã as vezes que quisermos, com a força que quisermos, para a colocar em rotação. Quando a esfera está a rodar, começa a movimentar-se à velocidade que lhe transmitimos, podendo contrariar a rotação a qualquer momento para a abrandar.

Com a velocidade que ganha podemos fazê-la saltar por cima de obstáculos e precipícios, mas atenção que nem sempre é ideal movê-la com demasiada rapidez. Pelo caminho teremos que resolver pequenos puzzles para poder continuar, como por exemplo accionar determinados objectos, uma pedra que tapa um buraco de maneira a que nos permita passar por cima, um pedaço de madeira que serve de ponte, apanhar boleia de uma plataforma em movimento, ou de um carrinho, ou mesmo de um aparelho voador, etc.


Mas nem sempre podemos controlar a rotação da nossa esfera, que por vezes acabamos por entrar num cenário alternativo onde apenas podemos controlar a gravidade do mesmo, ou apenas controlar os "travões" da esfera para descer lentamente uma série de rampas, ou mesmo até controlar uns flippers, em homenagem aos clássicos jogos de pinball.

Em alguns dos cenários temos estrelas escondidas para coleccionar, e esta não é uma tarefa fácil, pois nós sabemos que elas existem (podemos verificar isto acedendo ao menu de escolha de níveis), mas teremos que explorar com muita atenção todo o cenário para descobrir a passagem secreta. Coleccionar estas estrelas será essencial para desbloquear alguns cenários extra de bónus.

Como jogo de plataformas, onde a física faz toda a diferença, com os seus puzzles ocasionais para resolver, temos aqui um jogo espectacular para quem aprecia este género de jogo de plataformas. Mas o que chama mesmo à atenção são os cenários animados lindíssimos, e especialmente a banda sonora zen, que nos deixa completamente imersos neste universo de fantasia.

Vejam aqui a seguir um vídeo que nos mostra o que esperar deste fantástico jogo, e não percam a oportunidade de o instalar já hoje, num iPhone ou iPad, enquanto este se encontra gratuito na App Store.


NightSky na App Store (Brasil)

NightSky na App Store (Portugal)

Tamanho: 120 MB



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...